10 acontecimentos bizarros relacionados a games

domingo, 10 de maio de 2009

|
1 – Garota morre durante partida de “World of Warcraft” e recebe funeral online


Após passar dias jogando o MMORPG “World of Warcraft”, durante um feriado nacional, a garota chinesa conhecida como “Snowly” morreu por inanição (Fraqueza extrema por falta de alimentação). Como todos os amigos da garota também jogavam, após sua morte eles fizeram um grande funeral dentro de “WoW” que reuniu milhares de players.


2 – Gangue sequestra jogador de “Gunbound” com maior score para roubar sua conta


Um dos atos mais estranhos foi perpetrado aqui no Brasil mesmo. Após várias tentativas da gangue “A Firma” tentar roubar a senha da conta do adolescente com melhor pontuação no MMO “Gunbound”, eles usaram uma garota que flertava com o rapaz pela internet. Com o tempo, o adolescente marcou um encontro com a suposta “namorada virtual”, que no final não apareceu, mas que veio no lugar foram os sequestradores. Conseguindo roubar a conta, os criminosos venderam a conta do rapaz por R$ 8 mil, entretanto, a felicidade dos sequestradores durou pouco e eles foram rapidamente presos.



3 – Garoto salva irmã de alce enfurecido


E depois falam que games não trazem nada de bom. Enquanto brincavam em uma zona próxima de uma floresta norueguesa, Hans Jurgen Olsen e sua irmã menor acabaram entrando no território de um alce enraivecido. Quando Olsen percebeu que o animal iria atacar sua irmã ele se lembrou de uma técnica aprendida no “World of Warcraft”, o Taunt (provocação), para atrair o animal para si e quando o alce esqueceu a sua irmã o garoto se fingiu de morto (outra habilidade que adquiriu no level 30 de ser personagem do game).


4 – Jogador de “Legends of Mir 3” esfaqueia colega até a morte


Em 2005, após conseguir comprar uma espada virtual (a “dragon sabre”) por 460 euros no game, o jogador Qiu Chengwei descobriu que seu colega, Zhu Caoyuan, a vendeu novamente. Chengwei até chamou a polícia, que não teve muito o que fazer, já que o objeto era virtual. Então, o homem roubado decidiu acertar as contas no mundo real e esfaqueou Caoyuan.


5 – Adolescente rouba cerca de US$ 6 mil em móveis virtuais


Após conseguir as senhas de diversos usuários do Habbo Hotel (parecido com Second Life) utilizando sites falsos, um garoto de 17 anos dos Países Baixos saiu roubando os móveis das casas virtuais dos usuários. Como muito dinheiro real circula no sistema Habbo, a polícia local se interessou pelo caso e acabou descobrindo que o adolescente roubava os móveis e guardava em uma sala que dividia com outros cinco da “gangue”. Depois de preso, as autoridades descobriram que o rapaz chegou a conseguir US$ 5.900 em móveis. Ele foi preso acusado de roubo e crime eletrônico.


6 – Mulher oferece sexo em troca de ouro em “WoW”


Nenhum jogo ganha de “WoW” no quesito bizarrices. Uma mulher colocou um anúncio online propondo fazer sexo com qualquer um, homem ou mulher, que lhe desse 5 mil peças de ouro para ela comprar uma “Montaria Voadora Épica” (o tipo mais rápido do game).
Essa é para dizer WOW mesmo.


7 – Coreano morre após sessão de games

Em 2007, um sul-coreano foi imortalizado devido sua morte. O homem de 28 anos faleceu após 50 horas jogando “StarCraft” com poucos descansos. As autoridades afirmam que ele dormiu muito pouco e fez pausas rápidas somente para ir ao banheir. A causa da morte foi uma falha cardíaca provocada por exaustão extrema.


8 – Garoto é diagnosticado com trombose venosa profunda devido a jogatina


Após um dia chuvoso, um garoto dos Estados Unidos que passou o dia jogando videogame foi diagnosticado com trombose venosa profunda (TVP). De acordo com o laudo, o adolescente ficou a tarde toda sentado sobre suas pernas, as fazendo aguentar muito peso por um tempo muito grande, com isso os sintomas da TVP se aprofundaram. Quando o garoto finalmente parou de jogar e se levantou, começou a sentir pontadas de dor e formigamento. Como a dor não passava, na realidade aumentava, o pai decidiu levá-lo ao médico, onde recebeu o diagnóstico.


9 – Praga destrói “World of Warcraft”


Em 2005 a produtora Blizzard liberou uma nova área do mapa de “WoW”. Com a novidade, um novo “chefão” apareceu com a habilidade de fazer um feitiço chamado Corrupted Blood, uma magia que deixava todos os players por perto doentes. Entretanto, ao contrário do planejado pela Blizzard, a maldição não passava quando os jogadores voltavam para suas cidades natais e com isso contaminavam outros personagens, fazendo milhares morrerem de uma doença virtual. A produtora teve de mobilizar áreas de quarentena e remédios para os players para acabar com a praga.


10 – Mulher é estuprada virtualmente no Second Life


Uma usuária novata belga do Second Life foi forçada, usando um objeto chamado “voodoo doll” - que utiliza um código de programação inserido em um objeto normal como canetas, copos, e dá o controle do avatar de um usuário a outra pessoa -, a realizar sexo com outro avatar. Em teoria, um usuário precisa dar seu consentimento para “realizar” sexo com outros, mas com o “voodoo doll” esse consentimento é burlado. Após o incidente, um promotor público de Bruxelas pediu aos detetives da Unidade Federal de Crimes Virtuais tomassem mais cuidado com esse tipo de ato.

1 .:

Tatiana disse...

O da epidemia ruleia...

Postar um comentário

Não se esqueça de comentar!
Registre aqui sua opinião sobre o assunto e o que achou dele.
Nós agradacemos. ;-)

 
diHITT - Notícias