Saiba o quão robotizado você é

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

|


Pois há limite até para automatização


Conforme adquirimos experiência de vida, deixamos algumas coisas que muitas vezes consideramos chatas, ou então, nos são exigidas com frequência já no piloto automático.
Uma delas, por exemplo, são as tais das palavras "mágicas"; quem nunca disse obrigado e por favor sem se dar conta?
Isso é um tanto que comum, mas há um limite para isso, portanto é interessante você saber o quão robotizado você está.

Reciprocidade: nem tudo que fazem exige que você faça novamente. Querer retribuir tudo nem sempre é demonstrar bondade, muitas vezes pode mostrar como a ideia de "receba e retribua" está fixada na sua cabeça.


Uma prova disso são os cumprimentos, há vezes em que pessoas que você nunca viu na vida te cumprimentam e você sem se dar conta responde: Oi!
Não, isso não é apenas um gesto de educação, isso é automatização, é ter um comportamento sem perceber que o tem.

Educação: ninguém aqui está pedindo que você seja mal-educado, mas falar por favor e desculpa para tudo chega a ser submissão e muitas vezes você o faz sem se dar conta.

 Consumo: é aí que o bicho pega! Quantas vezes você acaba comprando algo porque está na moda? Depois de consumir acaba se dando conta que não precisava daquilo e pior, descobre que nunca irá usar aquilo, só comprou pelo desejo impulsivo de comprar. Isso é o ápice do piloto automático, cuidado!

Maneira de agir:
uma questão bem curiosa esta.
Muitas pessoas por algum motivo que até elas desconhecem, acabam indo na onda da maioria, então, quando querem fazer algo que é de seu agrado, acabam sentindo-se incômodas e isso as impede de agir da maneira que querem.

Funcionar no automático não é um problema, é apenas um ato que por tanto se repetir acaba tornando-se impensado. O único problema é fazer isso excessivamente e acabar virando escravo de um comportamento que você já não tem mais controle.

1 .:

linuxafundo disse...

Acho interessante um blog falar deste tipo de coisa. Mas enfim, é realmente interessante.. As pessoas hoje nem chegam a se dar conta que estão no cada vez mais comum "piloto automático", em todos os sentidos. Isso me lembra um filme, ele restrata muito bem isto, e mostra o quanto é indispensável estar ligado no modo manual. O "click", se tiverem oportunidade de desligar por duas horas mais ou menos o pilo automático, assistam.. :)

Postar um comentário

Não se esqueça de comentar!
Registre aqui sua opinião sobre o assunto e o que achou dele.
Nós agradacemos. ;-)

 
diHITT - Notícias